11 4584-6693 | 11 9 9941-5866 | 11 9 9934-2054 ambiental@ambientalsegurancatrabalho.com.br

Antes de adquirir um programa que atenda às demandas dos eventos de SST do eSocial, é necessário alguns cuidados, que serão apresentados neste artigo. Confira as dicas e faça a melhor escolha para sua empresa.

As principais dicas no momento da aquisição de um software de qualidade são:

#1. Tempo de mercado da empresa fornecedora;

#2. Flexibilidade do software;

#3. Apoio na implantação;

#4. Evolução da ferramenta;

#5. Base instalada.

Especialistas da área de informática afirmam a importância de adquirir programas com nome consolidado no mercado. É recorrente acontecer da empresa comprar um software de SST mais em conta e posteriormente acabar trocando, porque não vêem evolução ou aquele programa tem pouca flexibilidade para se adequar às situações de SST.

No momento da escolha, sugere-se buscar informações da empresa desenvolvedora do software, saber as opiniões daqueles que já são clientes, solicitar uma versão de teste para utilização antes da compra e buscar informações das garantias em contrato sobre o atendimento ao eSocial.

Outro ponto interessante é que este é um momento de testes para recebimento de eventos de SST. Assim, é possível saber se o software utilizado já realizou uma transmissão para o eSocial e se correu tudo bem.

O que ajuda muito também é o envolvimento dos profissionais de SST das empresas no momento da escolha. Para avaliar as funcionalidades de forma a contemplar todo o sistema de gestão no software. Na prática, são esses profissionais que deverão fazer todo saneamento básico de informações para construção dos alicerces da plataforma.

Especialistas acreditam que os softwares são uma consequência da necessidade da resolução do problema de negócio nas empresas. Assim, um software eficiente é aquele focado efetivamente em gestão e não apenas em atendimento à legislação.

Ref.: Revista Proteção, Saúde e Segurança do Trabalho (Digital): Softwares e esocial – Decisão Inteligente. Por Martina Wartchow. Editora Proteção Publicações. Ed. 329, p. 48-52, Maio/2019.